Giuseppe Finizia, o fabricante italiano que há dois anos nos trouxe uma estação de trabalho PCB impressa em 3D inovadora e infinitamente útil com braços articulados, acaba de publicar uma versão nova e melhorada de seu projeto. Os novos arquivos 3D para o projeto – que é chamado PCB Workstation com Needle Probes – estão disponíveis na página Thingiverse de Finizia.

Qualquer um que trabalhou com placas de circuito impresso vai entender o quão complicado pode ser para mexer com a precisão que exigem PCBs. Foi este desafio que inspirou Finizia a projetar e imprimir em 3D sua própria estação de trabalho. O projeto inicial do fabricante, que recebeu quase 7.000 likes no Thingiverse, foi construído para ajudar os usuários a fazer “conexões precisas e estáveis ​​com os pinos dos componentes eletrônicos” em um PCB.

Em fevereiro passado, o fabricante italiano lançou uma versão atualizada do seu projeto inicial de impressão em 3D, chamado de “PCB Workstation with Crane Arms”, e agora, para nosso prazer, ele revelou uma estação de PCB imprimível 3D mais nova e melhorada com sondas de agulha .

Vamos dar uma olhada no que Finizia mudou ou adicionou com sua última marca. Primeiro e acima de tudo, ele trocou as sondas de teste Hirschmann carregadas de mola que foram usadas no modelo anterior para agulhas de costura padrão, o que reduz drasticamente o custo das peças para a estação de trabalho PCB.

Para explicar o movimento da mola, Finizia adicionou um mecanismo de pressão elástica a cada braço da grua, o que assegura adequadamente a conexão entre a ponta da agulha e a placa de circuito. Ele também redesenhou os braços do guindaste 3D impresso para ser mais fino e menos volumoso, o que libera espaço de trabalho considerável espaço para o usuário.

Finalmente, a base da nova versão é compatível com vários tipos de braços articulados e acessórios (incluindo os que foram projetados para a primeira estação de trabalho PCB). Se você estava em dúvida, se diferentes tipos de braços articulados (incluindo braços de guindaste e braços de esfera e soquete) podem ser usados ​​simultaneamente, está aí a resposta.

Para a construção da estação de trabalho, os fabricantes podem encontrar os seis arquivos 3D necessários na página Thingiverse de Finizia. Eles incluem, a base, o suporte de PCB, o suporte de base, o braço vertical, o braço da agulha e o fixador da agulha. As configurações de impressão recomendadas pela Finizia (para uma impressora Zortrax M200 3D, pelo menos) são uma resolução de 0,19 mm (e 0,09 mm para o braço da agulha), um preenchimento máximo, rafts e suportes para os modelos de suporte base.

O terceiro passo é montar os braços articulados. Para isso, basta colocar o braço da grua vertical no orifício do suporte da base giratória e montar o braço da agulha horizontal com uma porca de 4mm M4 e um parafuso sextavado M4.

Para as agulhas, o fabricante sugere a utilização de agulhas de 40 x 0,80 mm ou 38 x 0,70 mm. Para inseri-los na estação de trabalho, simplesmente fixe uma peça para deixar a agulha estática na estrutura hexagonal de cada braço de agulha. Daí em diante, você está pronto para trabalhar com sua nova estação de trabalho.

Claro, se você quiser adicionar quaisquer acessórios ou ferramentas para a estação de trabalho impressa em 3D, o projeto é open source.

Fonte: 3ders.org

Você é apaixonado por tecnologia, impressão 3D e gosta de ficar atualizado sempre? Não perca seu tempo e acesse todas as notícias no nosso portal, curta nossa página no Facebook e nos siga no Twitter para receber todas as novidades em primeira mão. E compartilhe para aumentar a força do nosso portal.