usar2Dubai é uma cidade conhecida por sua opulência. Construções incríveis, como Burj Khalifa, considerada a torre mais alta do mundo, formam a arquitetura da capital dos Emirados Árabes Unidos.

Desta vez, a cidade quer mostrar o primeiro edifício do mundo impresso 100% em 3D.

A impressora para “fazer” este prédio tem 6,1 metros de altura. Todo processo será realizado no mesmo terreno em que a torre ficará. Desta forma, não é preciso ‘transportá-la’.

A WinSun Global, empresa que trabalhou em projetos 3D na China, é a responsável por conduzir o projeto, que ficará localizado no chamado ‘Museu do Futuro’.

Estima-se que o prédio 3D fique pronto até 2017, ano em que será aberto ao público para visita.

A impressora utilizada em Dubai para o prédio é a maior de sua categoria. Com mais de 6 m de altura, utiliza materiais inovadores, como concreto reforçado, fibra de plástico reforçada e um vidro especial, conhecido como Glass Fiber Reinforced Gypsum – que significa algo como ‘Fibra de Vidro com Gesso Reforçado’.

Tanto a estrutura, como as paredes interiores, exteriores e, inclusive, decoração, serão impressos em 3D. A superfície é de 185,8 m² – pouco, se comparado a outras obras.

Os criadores afirmam que, pelo fato de ser uma impressão, os custos da mão-de-obra foram reduzidos entre 50% e 80%. Com materiais, a empresa afirma que vai gastar de 30% a 60% menos que o habitual.

Isso mostra que, em nível mundial, as construções civis podem ter menores custos devido à tecnologia de impressão 3D. Ainda que uma cidade como Dubai priorize o ‘espetáculo’ da construção, obras deste tipo podem oferecer soluções inovadoras para o futuro.