A tecnologia de impressão 3D, criada em 1984, começa a transformar-se em realidade para o consumidor. Confira o infográfico para entender. (em inglês, vamos traduzi-lo)

De partes e peças de equipamentos, passando por próteses plásticas que substiuem ossos, à possibilidade de recriar uma molécula, tudo pode ser tridimensionalmente impresso, garantem os fabricantes das impressoras 3D. Vista como tecnologia futurística, a impressão 3D nasceu em 1984 e foi patenteada em 1986. Seu outro nome tecnológico é addictive manufacturing e o termo 3D printer foi utilizado pela primeira vez em 1996.

O processo de impressão tridimensional utiliza basicamente polímeros ou outra substância líquida no lugar da tinta e, a partir da leitura de um desenho tridimensional, reproduz a imagem em três dimensões “empilhando” milhares de finas camadas da substância até chegar ao objeto final. O mercado de 3D printing atingiu 1,3 bilhão de dólares em 2010, acredite se quiser, e agora está chegando perto do consumidor final.

A empresa francesa Sculpteo, primeira a lançar serviço de impressão 3D em cloud computing (3D Printing Cloud Engine) e vencedora do prêmio Best Innovations Award do Consumer Electronics Show (CES) de 2013, com o aplicativo 3DPCase, colocou nesse infográfico tudo o que ela sabe sobre o assunto. Vale conferir.

3D_Printing-infographic

fonte: http://idgnow.uol.com.br/ti-pessoal/2013/03/21/tem-uma-impressora-3d-no-seu-futuro-entenda-a-tecnologia/